Facebook Twitter Google+ RSS Blog Gastrovia
BUSCA
Onde?
GUIA
Localidade
 
NOTÍCIAS - ACONTECE
USF Campinas promove palestra com o chef Laurent Suaudeau
21/06/2013

Durante evento a universidade inaugurou o laboratório de Confeitaria e Panificação

A inauguração do Laboratório de Confeitaria e Panificação do curso de Gastronomia da Universidade São Francisco (USF) aconteceu em grande estilo. O evento foi realizado na última quinta-feira (13), no Campus Campinas – Unidade Cambuí, e contou com uma palestra exclusiva do Chef francês de grande renome, Laurent Suaudeau, com o tema central “A cozinha pode ser vista como terapia?”.

A cerimônia teve início com a benção do coordenador da Pastoral Universitária, Frei Nilo Agostini, que ressaltou o desenvolvimento e o compromisso da instituição frente às necessidades da sociedade. “Toda inauguração é sempre um sinal de que a Universidade está ganhando espaço, crescendo e respondendo a uma demanda da sociedade ao mesmo tempo em que deixa sua marca, a presença franciscana, no mundo da ciência; uma ciência que nos leva à sabedoria de vida”, afirmou.

Além de convidados e participantes da palestra, também estiveram presentes na ocasião: o reitor da USF, Prof. Hector Edmundo Huanay Escobar; o pró-reitor de Administração e Planejamento, Prof. Eros Pacheco Neto; a diretora do Campus Campinas, Profa. Luciana Parada; a coordenadora do curso de Gastronomia, Profa. Andreia Pimentel; professores e alunos da instituição.

Para o reitor da Universidade, a construção do novo laboratório reflete o comprometimento da instituição em oferecer uma educação de qualidade aos alunos. “A inauguração desse novo espaço demonstra à comunidade, professores, alunos e empresas parceiras - que acreditam e investem na instituição – como julgamos importante melhorar continuamente os cursos oferecidos”, ressaltou. 

Coletiva chef Laurent Suaudeau

Francês da “gema”, nascido em Cholet, este magnífico chef com mais de 3 décadas de árduo trabalho em torno da gastronomia, esteve em Campinas e tivemos a oportunidade de conversar um pouco mais com este gênio da gastronomia mundial e pudemos constatar que todos os prêmios e honrarias recebidas ao longo de sua trajetória são fruto do amor, dedicação e respeito à profissão de cozinheiro.

Com simplicidade digna de um mestre, defende o respeito e a humildade diante da cultura de um povo, batalha que travou ao longo dos anos no Brasil, desde o início de 1980, adaptando produtos locais aos conceitos da culinária francesa, criando assim uma valorização de toda cadeia produtiva local em torno da gastronomia. Sim! Isso é Sustentabilidade!

Falando em sustentabilidade, tema bastante discutido na atualidade, Laurent esclarece que a gastronomia deve ser sustável por essência, pois, acredita que o último recurso é o lixo, devemos otimizar o produto para obtermos o máximo dele. A gastronomia está estreitamente ligada aos conceitos de sustentabilidade, pois, seu ciclo produtivo inicia-se na plantação, na pesca, no pequeno produtor, na democratização e na valorização do Comer Bem, que deveria ser um privilégio de todos.

Quando questionado sobre o que é ser cozinheiro profissional, Laurent define: _ Ser cozinheiro é ser rápido, preciso e fazer com perfeição. E para um cozinheiro tornar-se Chef, ele deve desenvolver, além das habilidades técnicas, o comando, a organização, a experiência e a capacidade de ensinar sua equipe.

Palestra: A cozinha pode ser vista como terapia?

Mais do que apenas um modismo, a gastronomia tem alcançado ao logo dos últimos anos, lugar de destaque na vida cotidiana. A relação de gastronomia e cultura é bastante latente, pois, é quase impossível apreciá-la sem um bom embasamento histórico, sociológico, geográfico e muitas vezes político.

Questionado a respeito do ato de cozinhar ser uma terapia, Laurent afirma que a terapia vem com o prazer de desenvolver habilidades muitas vezes desconhecidas e distantes da atuação profissional, pois, Cozinhar por prazer, nada tem haver com cozinhar profissionalmente. Como terapia, pode ser uma forma de expressão, de comunicação, onde a pessoa pode canalizar o lado compulsivo e explosivo no ato de cozinhar, promovendo a interação social e desfrutando de momentos felizes.

Embora com objetivos diferentes, cozinheiros amadores e profissionais devem ter em mente a definição dada pelo chef Laurent do que é cozinhar:
_ Cozinhar é transformar o produto da terra para satisfazer o próximo.

Galeria de fotos:
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia!
Faça seu comentário:
Nome:
E-mail:
Código de segurança
Digite aqui o código de segurança mostrado na imagem abaixo.
CAPTCHA Image
Notícias relacionadas
 
 
 
Sobre o Gastrovia
Anuncie
  Sugestões
Parcerias
  Cadastre seu estabelecimento
Trabalhe conosco
  Não encontrou?
Contato
Home
Notícias
  Ebooks
Cozinha de A à Z
  Vídeos
Dicas
  Receitas
Cadastre-se
 
© 2019 Gastrovia Turismo e Gastronomia