Facebook Twitter Google+ RSS Blog Gastrovia
BUSCA
Onde?
GUIA
Localidade
 
NOTÍCIAS - ACONTECE
Novembro em cena da cultura garante atrações gratuitas durante todo o mês
12/11/2013

A Secretaria Municipal de Cultura promove mais uma edição do Novembro em Cena, evento já tradicional na cidade que visa fomentar o gosto e o interesse da população pelas artes cênicas em Indaiatuba, compondo uma agenda repleta de espetáculos gratuitos para todas as idades e estilos. O programa inclui ainda sessões de cinema, contação de histórias e as apresentações das peças que participam do Proscênio Festival de Teatro de Indaiatuba, mostra competitiva promovida pela primeira vez pelo Grupo de Teatro Estrada.

Dia 13 de novembro – quarta-feira – 15h e 19h – Shopping Jaraguá
Exibição do filme “Cesar Deve Morrer”
Sinopse: a peça teatral "Júlio César", de William Shakespeare, é encenada por um grupo de prisioneiros da prisão de segurança máxima Rebibbia, localizada em Roma. Ao mesmo tempo que funciona como registro documental, trabalha a ficção por trás da trama original. Dirigido pelos irmãos Paolo e Vittorio Taviani (de “A Noite de São Lourenço”) e vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim 2012.

Dia 16 de novembro – sábado – 14h – Sala Acrísio de Camargo
Festival Proscênio – Peça Ao Revés do Papel – Grupo Preto no Branco, de São Carlos
Elenco: Ana Garbuio, Bruno Garbuio, Nádia Stevanato. Diretor: Fernando Cruz. Duração: 45 min. Drama. Indicação: 12 anos.
Sinopse: três andarilhos, unidos a um destino maldito, vagueiam em busca de lugares para contarem histórias: a de uma menina que dançou com o Diabo e a de uma prostituta que desejava se casar. Impregnarem as cabeças e bocas e mostrarem-se crus e vivos - frutos de suas histórias – nutrem a continuidade de suas trajetórias e a esperança de que todos têm uma história para contar.

Dia 16 de novembro – sábado – 18h – Sala Acrísio Camargo
Festival Proscênio – Peça A Menina On – Grupo Hiatos em Atos, de São José dos Campos
Elenco: André Alves, Cláudia Savastano, Diego Fonjac, Mariana Ramires, Silvia Nina, Stella Maris. Direção: Dagmar Siquiera. Texto: Diego Fonjac. Duração: 30 min. Comédia.

Dia 16 de novembro – sábado – 21h – Sala Acrísio de Camargo
Festival Proscênio – Peça A Greve das Pernas Cruzadas – Coletivo Teatral Commune, de São Paulo
Elenco: Janaína Porto, Danielle Lopes, Roberto Revaldi, Augusto Marin, Filipe Lacerda, Renata Becker. Duração: 1h10 - Comédia Satírica com máscaras.
Sinopse: adaptação da peça "Lisístrata", do teatrólogo grego Aristófanes. Uma das inspirações para esta versão foi a greve de sexo realizada por cerca de 300 mulheres colombianas da cidade de Barbacoas, em 2011, que reivindicavam com o governo a reforma de uma estrada estratégica. A ousadia formal da trupe dirigida por Augusto Marin é desenvolver a encenação com base nos artifícios da "commedia dell'arte" --surgida séculos após a comédia grega-- e em referências atuais. Além disso, evoca acontecimentos contemporâneos, como a crise na Grécia ou a Marcha das Vadias.

Dia 17 de novembro – domingo – 17h – Sala Acrísio de Camargo
Festival Proscênio – Peça Ameixa sobre o Tempo – Grupo Farrapos Delirantes, de Americana
Elenco: Allan Araujo e Éverton Gatti. Direção: João Nalão. Texto: Aristides Vargas. Duração: 40 min – Drama.
Sinopse: a peça traz um dialogo poético e citações com pitadas de humor e revela a personalidade de duas mulheres de gerações distintas. Um pé de ameixa na casa onde a avó produz um vinho feito de fruta acaba se transformando no elemento central para as definições da vida delas: a morte se relaciona com as ameixas apodrecidas e a juventude com as maduras, que aos poucos perdem a sua forma perfeita.

Dia 17 de novembro – domingo – 21h – Sala Acrísio de Camargo
Festival Proscênio – Peça Maria, Sou Eu – Grupo Por Volta de Logo Depois, de Piracicaba
Elenco: Alessandra San Martin. Direção: João Nalão. Texto: Alessandra San Martin. Duração: 45 min – Drama.
Sinopse: o monólogo aborda a necessidade da verdade e a violência da ditadura militar brasileira no corpo e na alma de uma mulher, que tenta se lembrar de seu passado, bloqueado por uma memória que não deseja recordar.

Dia 23 de novembro – sábado – 14h - Novo Centro Cultural do Jardim Morada do Sol
Festival Proscênio – Peça Maria Peregrina – Grupo Os Marias, de Pirassununga
Elenco: Almir Rogério, Rebecca Helena, Willian Silva, Marco Pavani, Milena Senhorini
Direção: Marco Pavani. Duração: 50 min – Tragicomédia.
Sinopse: auxiliada por um romeiro, uma mulher que vivia embaixo de árvores resiste na peregrinação em busca de si mesma, entrelaçando três histórias evocativas de sua trajetória que oscilam entre a paixão desmedida, o humor ingênuo e o drama da identidade revelada. A primeira história recria o lendário crime passional da Cabocla Teresa – música de Raul Torres e Florêncio, num cenário de festa de Folia de Reis. A segunda, apoiada num conto popular, transcrito por Monteiro Lobato; e a terceira, que recria um texto do teatro NÔ, evidenciando a fatalidade de sua incessante busca.

Dia 23 de novembro – sábado – 17h - Novo Centro Cultural do Jardim Morada do Sol
Festival Proscênio – Peça O Broto – Grupo Di Atus, de Santa Bárbara D´Oeste
Duração: 80 min – Drama. Indicação 10 anos.
Elenco: Bruno Peres, Helton Carlos, Lays Ramires, Marcela Isler, Matheus Luis, Valéria Nepomuceno. Direção: Otávio Delaneza.
Sinopse: a peça conta a história dos brotos, existências que precisam de um solo fértil para se desenvolverem. Partindo da ideia de que muito do que acontece na vida deve partir de dentro para fora, o grupo propõe uma profunda reflexão sobre os ciclos da vida.

Dia 23 de novembro – sábado – 21h - Novo Centro Cultural do Jardim Morada do Sol
Festival Proscênio – Peça Menino Luz – Grupo Foradecena, de São Paulo.
Duração: 50 min – Drama.
Elenco: Silvia Masulo. Direção: Durval Mantovaninni. Texto: Pierce Willians Corrêa e Silvia Masulo.
Sinopse: com o objetivo de defender o vínculo entre os doentes internados em clínicas psiquiátricas e seus familiares, o monólogo fala da loucura e da irracionalidade através da história de uma mulher, interpretada pela atriz Sílvia Musulo, que vive enclausurada em uma clínica psiquiátrica. A vida da personagem muda, quando ela passa a contar a história de um menino iluminado e entra em um universo paralelo, pois suas próprias narrativas passam a se mesclar com as do garoto.

Dia 24 de novembro – domingo – 19h30 – Sala Acrísio de Camargo
Peça O Boi e o Burro – com professores e alunos da Rede Municipal de Educação.
Direção: Henrique Steve. Adaptação: Henrique Steve (Texto Original de “Maria Clara Machado”).
Pede-se a doação de um brinquedinho novo (R$2,00 com carimbo INMETRO) na troca do ingresso, que será doado para o Funssol.
Sinopse: de forma simples e bem humorada, mas muito comovente, a história conta o nascimento de Cristo através do ponto de vista do Boi e do Burro, que chegam a sua casa depois de mais um dia de trabalho e coisas “estranhas” começam a acontecer. É muito divertida a maneira como os Anjos ajudam “O Boi e o Burro” na preparação do estábulo, para o grande acontecimento. Contudo, o mundo se modificou depois desse dia, pois um dos maiores Mistérios da Cristandade aconteceu naquele lugar, o Nascimento do Filho de Deus.

Dia 24 de novembro – domingo – 16h - Novo Centro Cultural do Jardim Morada do Sol
Festival Proscênio – Peça “M” – Grupo Cia Loucos do Tarô, de São Paulo.
Duração: 60 min – Drama.
Elenco: Ronaldo Vilar, Sandro Santos, Carol Mafra, Carlos Jordão, Danilo Miniquelli. Direção e texto: Mauricio Spina. Sinopse: a peça conta a história de um homem velho e inválido, sentado em uma cama em um lugar não especificado, que dialoga com a plateia. Não tendo memória, procura contar uma estória para ocupar o tempo de alguma forma, criando personagens arquetípicos, que dialogam e interagem com seu criador. Porém, em algum momento, o homem perde o controle da estória e acaba se desviando para um caminho que ele não queria.

Dia 24 de novembro – domingo – 20h30 - Novo Centro Cultural do Jardim Morada do Sol
Festival Proscênio – Peça Duas Meninas nos Trilhos – Grupo Trupe Ventri-Loucos, de Jaguariúna.
Duração: 45 min – Drama. Indicação: 14 anos.
Elenco: Carol Magazoni e Julia Prudêncio. Direção: Felipe Veres.  Texto: Carol Magazoni, Felipe Veres e Julia Prudêncio.
Sinopse: peça de finalização do Projeto Ademar Guerra do Estado de São Paulo em 2012. Quatro caminhos traçados pelo trilho... Duas Meninas se encontram no cruzamento... Uma traz consigo a fuga e a outra a lembrança. O que as Duas Meninas no Trilho tem em comum é a busca pela liberdade... Mas qual o melhor caminho? Tudo acontece ali, naqueles quatro caminhos, no trilho, no cruzamento...

Dia 29 de novembro – sexta-feira – 21h - Novo Centro Cultural do Jardim Morada do Sol
Festival Proscênio – Peça Amém – Grupo Um e Outro, de Araçatuba.
Duração: 75 min – Drama.
Elenco: Laerte Silva Junior. Direção: Alexandre Melinsky.
Sinopse: Espetáculo solo de teatro, é um drama cômico movido por forte ideologia e ativismo que, entretanto, em momento algum relega a qualidade artística e beleza estética a um segundo plano. A bandeira que se levanta em “Amém!” é pelo respeito à diversidade e por um país realmente laico. A personagem principal, Clara, tem um quê de mistério e androginia. É careca, tatuada, usa maquiagem escura e figurino fashion em tons neutros que deixa seus seios inexpressivos à mostra. Uma aparência pouco provável para quem se apresenta como fundadora de uma nova igreja. O monólogo ocorre em um cenário surreal, clean, com farta utilização de recursos audiovisuais. Um espetáculo para rir, chorar, divertir, refletir e pôr à prova nossos conceitos e comportamentos.
 

Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia!
Faça seu comentário:
Nome:
E-mail:
Código de segurança
Digite aqui o código de segurança mostrado na imagem abaixo.
CAPTCHA Image
Notícias relacionadas
 
 
 
Sobre o Gastrovia
Anuncie
  Sugestões
Parcerias
  Cadastre seu estabelecimento
Trabalhe conosco
  Não encontrou?
Contato
Home
Notícias
  Ebooks
Cozinha de A à Z
  Vídeos
Dicas
  Receitas
Cadastre-se
 
© 2018 Gastrovia Turismo e Gastronomia