Facebook Twitter Google+ RSS Blog Gastrovia
BUSCA
Onde?
GUIA
Localidade
 
NOTÍCIAS - ACONTECE
Caravana de Imprensa do Comida di Buteco Campinas
15/04/2016

O Comida di Buteco Campinas 2016 começa na sexta, dia 15, mas para alguns jornalistas a partida foi dada nesta terça, dia 12. A organização realizou a já tradicional Caravana de Imprensa, partindo do Buteco Rancho do Vô Joaquim, único bicampeão na cidade (2102 e 2015).

Os proprietários Adilson e Rita apresentaram o petisco com que vão concorrer este ano, a Coxinha Caipira, uma porção de cinco coxinhas recheadas com frango, queijo, azeitonas e milho, acompanhadas por batatas chips, tomates cereja (mais para decorar) e molhos de pimenta e maionese Hellman’s (patrocinadora) temperada pela Rita, ao preço de R$25,00. Provando o acepipe é fácil descobrir porque o bar tem dois títulos e um vice no Comida di Buteco. A massa é deliciosa, o recheio em sabor equilibrado e a apresentação é primorosa. O Rancho Vo Joaquim é um case de sucesso impulsionado pelo evento: com cinco anos de existência, o bar simples localizado perto do Taquaral conseguiu abrir uma segunda unidade em Joaquim Egídio, com perfil mais para restaurante. O casal proprietário reconhece que o concurso alavancou os negócios para alcançar esse resultado.

Em seguida fomos ao Bar Santa Genebra, também conhecido como Bar do Baiano, em Barão Geraldo, estreante no Comida de Buteco. Fomos recebidos por Marcos, filho do Baiano, que apresentou seu prato concorrente, a Santa Moela, uma porção de moela no molho caseiro feito com pimentão, cebola, alho e especiarias, acompanhado com pão, que custa R$19,00. Foi o petisco com mais cara de boteco que provamos na noite, e que dificilmente vai ter boa classificação, tanto pela resistência que muita gente tem por moela quanto pela simplicidade da apresentação e sabor. É bom, mas não é de chamar o bispo.

Por último fomos a outro estreante, a Linguiceria, que já tem certa fama em Campinas. É um bar bem mais sofisticado, com o chef Beto Amaral na cozinha trabalhando com linguiças artesanais e servindo cervejas especiais. Mas como o Comida di Buteco é patrocinada pela Amstel, foi essa que foi servida durante toda a caravana. O prato inscrito foi o melhor da noite, o Beirute Suíno, feito com um ótimo pão pita integral, linguiça de pernil suíno com cubos de provolone, muçarela, rúcula, molho vinagrete do chef, acompanhado por molhos curry e gorgonzola. Uma surpresa aguardava os jornalistas, um brinde com Chandon,que também patrocina o festival gastronômico, num estratégia para fazer com que a imagem da bebida desça do salto e se popularize para todas as ocasiões, não apenas nas festivas. Afinal, além se adequar ao clima quente predominante no Brasil, é o vinho que melhor harmoniza com feijoada.

Fechando a maratona epicurista, a proprietária Fernanda Dias apresentou seu Pave de cream cheese com mirtilo, feito com o produto da patrocinadora Philadelfia, que fornece o cream cheese de graça para os bares que elaborarem sobremesa com ela durane o Comida di Buteco.

Melhor do Brasil

A novidade do Comida di Buteco nacional é a eleição do Melhor Buteco do Brasil. No período do concurso, público e jurados das cidades visitarão e darão suas notas, premiando o melhor da cidade. Em junho, finalizadas todas as premiações, um comitê de jurados vai conhecer os vencedores de cada uma das 20 cidades, dará suas notas e será eleito o melhor do país. A premiação da final nacional será em julho no Rio de Janeiro. “Contamos com mais de 500 botecos em todo o Brasil concorrendo por suas cidades, e que, ao se consagrarem vencedores, irão disputar o prêmio de melhor do Brasil. Estamos fazendo história e o melhor de tudo é fazer história exaltando a cozinha de raiz e a cultura brasileira”, conta Cristina Schirmer, coordenadora regional do CDB.

O Comida di Buteco Campinas 2016 acontecerá entre os dia 15 de abril e 8 de maio e contará com 25 bares da cidade e da região. a eleição do melhor boteco terá votos do público e do corpo de jurados, que conta com gastrônomos, jornalistas e botequeiros de carteirinha. Este ano, o tema é livre para que cada um possa mostrar o seu melhor no concurso nacional.

Público e júri deverão avaliar o tira-gosto, a simpatia e a qualidade do atendimento, a higiene do local e, claro, a temperatura das bebidas servidas.  A auditoria dos votos é feita pelo Instituto Vox Populi.

Campinas foi escolhida em 2010 para ser a primeira cidade do estado de São Paulo a receber o evento graças à sua “alma botequeira”, já que a cidade tem botecos que funcionam ininterruptamente desde a década de 1940. Isso mostra que os moradores respeitam e cultuam suas raízes, assim como os habitantes dos demais municípios da região, que comprovaram a vocação para o evento visitando os botecos em Campinas nos primeiros dois anos de concurso. Esse movimento turístico foi sentido pelos bares participantes e comprovado pela auditoria de votos da Vox Populi nas cinco edições anteriores do concurso.

A Festa de Premiação acontece no dia 17 de maio, a partir das 18 horas, no Espaço Real Brasil (Rua Reinaldo Alves, 34, Sousas). Em Campinas, a festa é fechada para os donos de boteco, convidados e imprensa.

Lista de botecos e petiscos concorrentes:

Alzirão Empório e Bar (Buraco da Vaca – com linguiça de Bragança Paulista)

Bar do André, o Rei do Mé (Carioquinha 4x4 trucado nas Olimpíadas 2016)
Bar do Bigodi e da Tia Eli (A maré subiu)
Bar do Carioca (Pankeka de mokeka)
Bar do Tio e Rafa (Filé de pescada do Tio)
Bar de Vidro (Porpetinas di Napoli)
Bar e Mercearia do Saulo (Tudo di bão)
Bar Preste Atenção (Cabral)
Botequim da Estação –Jaguariúna – (Bolinho de bacalhau à moda Botequim)
Botequim da Zepha (Buraco Quente especial)
Buteco do Pira (Polpetone do Pira)
Buteco Rancho Vô Joaquim (Coxinha Caipira)
Casa Du e Du (Porca Atolada)
Cultura de Bar (Fuçinho de Porco)
Eskina Bar (Tulipinhas tico-tico no fubá)
Estação Barão (Mamaminha)
Linguiceria (Beiruite Suíno)
Nha Barbina (Nhô Júlio)
Possante Bar (Tiquinho)
Quiosque da Horta (Rolinho da Horta)
Rei do Joelho (Schnitzel)
Taberna do Oliveira (Caravelas de bacalhau)
Lumen Christ Bar e Mercearia (Bolinho caipira invertido)
Botequim do Beto (Croquete de Caca Atolada)
Bar Santa Genebra – Bar do Baiano (Santa Moela)

Galeria de fotos:
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia!
Faça seu comentário:
Nome:
E-mail:
Código de segurança
Digite aqui o código de segurança mostrado na imagem abaixo.
CAPTCHA Image
Notícias relacionadas
 
 
 
Sobre o Gastrovia
Anuncie
  Sugestões
Parcerias
  Cadastre seu estabelecimento
Trabalhe conosco
  Não encontrou?
Contato
Home
Notícias
  Ebooks
Cozinha de A à Z
  Vídeos
Dicas
  Receitas
Cadastre-se
 
© 2019 Gastrovia Turismo e Gastronomia